sábado, 7 de maio de 2016

Mães são homenageadas pela Escola CE Henrique de La Roque

CE HENRIQUE DE LA ROQUE - Equipe da Direção, Servidores, Professores, Alunos e alguns amigos parceiros da escola, patrocinaram e doaram presentes que foram sorteados nesta sexta - feira(06) em evento comemorativo ocorrido no pátio da escola em homenagem ao dia das mães.

Veja fotos do evento
 
Por profº. Gilvan

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

ELEIÇÃO PARA GESTÃO DA ESCOLA CE HENRIQUE DE LA ROQUE 2015

O professor Emerson Técnico do SIAEP e Membro da Comissão Eleitoral do Processo Seletivo da Gestão Democrática da Escola CE Henrique de La Roque, iniciou ontem(22/09), trabalho de conscientização dos pais e responsáveis dos alunos da escola para participarem do processo eleitoral que irá eleger por eleição direta os novos Gestores da Escola.
A reunião está sendo feita individualmente por turma e turno, ontem, dia 22/09, a reunião ocorreu com os pais e responsáveis dos alunos da 1ª Série do Ensino Médio, turma A, turno vespertino.
“Estou feliz por participar desse momento histórico no qual teremos de fato um Processo Democrático para a escolha dos Gestores da Escola CE Henrique de La Roque. É importante que todos participem desta eleição e contribua com as mudanças que estamos implementando nesta escola”Disse professor Emerson Alves Sousa
As eleições diretas para Gestores das Escolas do Estado, Ensino Médio, ocorrerão no dia 10 de dezembro de 2015 e contará com a participação de alunos, pais e professores.
Na Escola CE Henrique de La Roque em São Pedro da Água Branca, a eleição terá "Chapa Única", tendo como candidatos profº. Gilvan(Gestor Geral) e profª. Luciene(Gestora Auxiliar). A posse dos novos gestores eleitos está marcada para o dia 08 de Janeiro de 2016.

Governo promove ações sobre o processo de eleição de gestores de escolas

Com intuito de ampliar o debate e garantir a participação democrática de toda a sociedade, entidades de classe, órgãos gestores e a comunidade escolar em ações formativas durante o processo seletivo democrático para escolha do cargo de gestor/diretor-geral e gestor-auxiliar/diretor-adjunto das Unidades de Ensino na Rede Pública Estadual, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está promovendo uma de série atividades com foco na gestão escolar.
O objetivo é garantir que gestores em exercício, candidatos a gestores, professores, supervisores, estudantes, pais e responsáveis participem do novo momento de debates. A Seduc também busca viabilizar a participação das universidades bem como ampliar e fortalecer os canais de debate sobre o processo.
“Por constituir-se como uma ação de grande abrangência nos aspectos estruturais, administrativos e político-pedagógicos, a eleição de gestores exige mobilização, participação e articulação efetiva da Seduc, dos gestores das Unidades Regionais (UREs), dos estudantes e demais profissionais da educação, no sentido de alinhar um trabalho compartilhado e articulado, sustentado pelas bases da ética, da justiça, da transparência, da participação e da garantia pela qualidade da educação pública, explicitamente registrados na macropolítica educacional do governo Flávio Dino”, enfatizou a Secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres.
Até o mês de novembro serão realizados seminários e videoconferências nas Unidades Regionais de Educação, envolvendo os gestores, professores e estudantes, com temáticas relacionadas ao processo de gestão escolar, na perspectiva de consolidar a efetividade e transparência do processo de eleição. Essa discussão contará com a participação da Secretaria de Estado da Juventude (Sejuv), Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) e Grêmios Estudantis.
O cronograma de atividades, visando ampliar o debate e garantir a participação democrática de toda a sociedade no processo seletivo de gestão escolar contempla uma solicitação feita pelo Sinproesemma, ao Governo do Estado. “Sugerimos ao governo ampliar o cronograma de atividades até o final do ano, porque entendemos que o calendário estava curto para garantir o amplo e efetivo debate sobre o processo. Os requisitos do edital exigem um tempo maior para que o processo transcorra com tranquilidade”, ressaltou Júlio Pinheiro, presidente do Sinproesemma.

O Exame de Certificação, ao qual os candidatos serão submetidos após curso de formação continuada e aplicação de provas, será oferecido no mês de novembro. As eleições serão realizadas nos dias 10 e 11 dezembro.

“Estamos vivendo um momento importante para a concretização de avanços na democratização do sistema educacional da rede pública do Estado do Maranhão, logo, nosso objetivo será cumprir as metas estabelecidas no Plano Estadual de Educação. Nesse sentido, compreendemos que a eleição de gestores escolares é mais um mecanismo importante para o exercício da participação, para o aprendizado e para a formação da consciência cidadã dos nossos estudantes, e este foi um dos primeiros passos dados pelo governador Flávio Dino, ainda no dia da posse, no processo de fortalecimento da educação do Maranhão”, destacou a professora Francisca Lima Oliveira, coordenadora do processo seletivo de gestão escolar.
Por profº. Gilvan

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Professor Antonio Alves da Silva representa a educação do Município de São Pedro da Água Branca na UFMA

 Como parte da Formação Continuada no âmbito do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio (PNEM), acontece, no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire (Campus do Bacanga da Ufma), nesta terça-feira (30), e se estende até quinta-feira (2), das 8h às 19h, o III Seminário Estadual: Os sujeitos do Ensino Médio e a formação Humana Integral.
O evento é a segunda etapa do pacto, com foco nos professores e estudantes. Eles apresentarão os benefícios da formação para o estudante. Durante o seminário haverá programações culturais com a parceria da Secretaria de Estado da Cultura (Secma).
O PNEM é um programa do Governo Federal, implementado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com Universidade Federal do Maranhão (Ufma). Promove a formação continuada de professores e coordenadores visando melhorar a qualidade da educação do Maranhão, um dos eixos estruturantes da macropolítica educacional Escola Digna, definida pelo governador Flávio Dino.
No Maranhão, o pacto foi organizado com 27 formadores regionais. Eles promovem a formação de 746 orientadores de estudo, estes, por sua vez, fazem a formação continuada de mais de 14 mil professores do sistema estadual de ensino, alcançando mais de 700 escolas públicas estaduais nos 217 municípios.
O Ministério da Educação (MEC/FNDE) paga o bolsa-auxílio aos professores, que equivale a R$ 200,00 mensais; a Ufma paga as diárias dos 27 formadores regionais e a Seduc se responsabiliza pelas diárias, alimentação e logística dos professores.
Para garantir a participação das 19 Unidades Regionais de Ensino (UREs) no evento, o Governo do Estado, por intermédio da Seduc, investiu R$ 409.650,00. De acordo com a professora da URE de Balsas, Ferdiana Brandão, “esta é a primeira formação em 18 anos que estou participando e vale muito a pena”, frisou.
Para a professora da URE de São Luís, Keila Lima, “de posse dessa bagagem teórica, repensaremos o planejamento didático com foco na formação integral do aluno”.
O Pacto
Por meio do Pacto pelo Fortalecimento do Ensino Médio o Ministério da Educação e as secretarias estaduais assumem o compromisso pela valorização da formação continuada dos professores e coordenadores pedagógicos que atuam no ensino médio público.
“O pacto traz uma contribuição importante para o ensino médio integrado em tempo integral e formação continuada, da macro política ‘Escola Digna’, por conceber a escola como espaço para o desenvolvimento da formação continuada”, destacou Marileide Costa, supervisora da Seduc.

O professor Antonio Alves da Silva Coordenador do Pacto do Ensino  Médio da Escola CE Henrique de La Roque de São Pedro da Água Branca, está participando do evento na UFMA e é aguardado com muita expectativa pelos professores da escola, que desejam compartilhar a experiência por ele adquirida durante o III Seminário Estadual.



Prof Gilvan.

sábado, 27 de junho de 2015

I AMOSTRA INTERDISCIPLINAR DA ESCOLA CE HENRIQUE DE LA ROQUE

TEMA: FONTES DE ENERGIA E OS POSSÍVEIS IMPACTOS AMBIENTAIS
A escola CE Henrique de La Roque realizou com muito sucesso no dia 25/06 a sua I Amostra Interdisciplinar; o evento que inicio as 16hs e terminou as 23hs, contou com a participação de todos os alunos e professores da escola. Houve apresentação de vários projetos voltados para a utilização de "energia limpa", com a preocupação em proteger os recursos naturais  e  o meio ambiente de possíveis impactos.
  
Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira no Curso de Formação do Pacto do Ensino Médio, o Gestor Auxiliar professor Gilvan Alves Pereira e a Coordenadora Pedagógica da escola CE Henrique de La Roque, professora Maria Luíza Almeida, adiantaram que a escola vai se planejar para realizar no segundo semestre, ainda deste ano, sua 1ª Feira de Ciências. 

Veja abaixo a programação do evento na íntegra:

APRESENTAÇÃO
As fontes de energia são recursos da natureza ou artificiais utilizados pela sociedade para a produção de algum tipo de energia, com o objetivo de propiciar o deslocamento de veículos, gerar calor ou produzir eletricidade para os mais diversos fins.
Trata-se de um assunto extremamente estratégico no contexto geopolítico global, pois o desenvolvimento dos países depende de uma infraestrutura energética capaz de suprir as demandas de sua população e de suas atividades econômicas. As fontes de energia constituem-se também como uma questão ambiental, pois, a depender das formas de utilização dos diferentes recursos energéticos, graves impactos sobre a natureza podem ser ocasionados.
Cada tipo de energia apresenta suas vantagens e desvantagens, de forma que não há nenhuma fonte que se apresente, no momento, como absoluta sobre as demais em termos de viabilidade. Algumas são baratas e abundantes, mas geram graves impactos ambientais; outras são limpas e sustentáveis, mas inviáveis financeiramente.
O mais aconselhável é que, nos diferentes territórios, exista uma grande diversidade nas matrizes energéticas para atenuar os seus respectivos problemas, o que não acontece no Brasil e em boa parte dos demais países.
O presente projeto, dentro de uma abordagem interdisciplinar dos conteúdos propõe o estudo das diferentes fontes de energia utilizadas atualmente no mundo e seus possíveis impactos ambientais.

OBJETIVOS
Conhecer as características dos principais tipos de energia utilizados atualmente no mundo, como o petróleo, o gás natural, o carvão mineral e a energia elétrica ( hidrelétricas, termelétricas e termonucleares);
Conhecer as vantagens e desvantagens, em relação ao impacto social e ambiental, de cada forma de obtenção de energia elétrica.
CRONOGRAMA
1ª série “A” - Transformações químicas (vulcões)
- Energia eólica.
1ª série “B” – Fontes de energia através da queima de combustíveis.
1ª série “D” – Vantagens e desvantagens da energia nuclear.
1ª série “C” – Energia termoelétrica
- Energia hidroelétrica/ tratamento e reaproveitamento de água.
- Desperdício, falta de água e energia hidráulica.
- Paródia – Poluição da água.
1ª série “E” – Tecnologias de processo
-Turma Meio Ambiente – Tecnologias de Processo.
2ª série “B” – Transformações químicas. (Produção de gás Hélio, CO2.)
2ª série “A” – Energia hidroelétrica.
- Poluição das Águas.
I etapa EJA “A” – Poema – A importância da água para o planeta.
II etapa EJA – Energia renovável ( bagaço de cana).
2ª série “C” – Fontes de energias renováveis – eólica, solar, hidrelétrica e impactos ambientais.
3ª série “B” – Poema – Poluição das águas.
3ª série “A” – Combustíveis fósseis e seus impactos ambientais.
3ª série “B” – Reaproveitamento das águas e usinas hidroelétricas.
- Paródia – Poluição das águas.
Momento cultural: Apresentação de quadrilha

A interdisciplinaridade permite compreender, entender as partes de ligação entre as diferentes áreas de conhecimento, unindo-se para transpor algo inovador, abrir sabedorias, resgatar possibilidades e ultrapassar o pensar fragmentado. É a busca constante de investigação, na tentativa de superação do saber. 
CENTRO DE ENSINO HENRIQUE DE LÁ ROQUE ENSINO MÉDIO

ORGANIZAÇÃO PROFESSORES ORIENTADORES:
1ª SÉRIE “A”: Reginaldo Alves e Júnior
1ª SÉRIE “B”: João de Deus e Ister
1ª SÉRIE “C”: Alinne, Lindinalva e Ronilson
1ª SÉRIE “D”: Alberto, Jorleandro e Luciene
1ª SÉRIE “E”:Ronilson
I ETAPA EJA “A”: Zélia Maria e Júnior
I ETAPA EJA “B”: Dalracy e José Lopes
2ª SÉRIE “A”: Aparecida e Rogério
2ª SÉRIE “B”: Roberto e Manoel Francinaldo
2ª SÉRIE “C”: Consola e Sebastiana
II ETAPA EJA: Antonio Alves e Francilene 
3ª SÉRIE “A”: Carleane
3ª SÉRIE “B”: Alinne e Jorleandro
GESTORES
COORDENAÇÃO
TÉCNICOS DA SECRETARIA

PARTICIPAÇÃO:
Alunos do Curso Técnico em Meio Ambiente